23/08/2019

Trujillo, cidade medieval da Extremadura e berço de grandes exploradores

Plaza Mayor, em Trujillo

Plaza Mayor, em Trujillo, com a estátua de Francisco Pizarro ao centro. Fotos: Marcos Santos/Tereza Cidade

Trujillo é uma das cidades mais bonitas da Extremadura, na Espanha, e excelente base para conhecer a região. Reúne um conjunto de igrejas e prédios históricos e é o berço de grandes exploradores como Francisco Pizarro, descobridor do Peru, e Francisco Orellana, que descobriu o rio Amazonas.

O centro da vida social e comercial da cidade é a Plaza Mayor, cercada por edifícios históricos, com vários cafés e restaurantes. No centro destaca-se a estátua em bronze de Francisco Pizarro.

Trujillo foi ocupada por romanos e visigodos. Por mais de 500 anos ficou sob o domínio árabe, passando depois para mãos cristãs após se reconquistada pelo rei Fernando III. Foi o rei Juan II que concedeu o título de cidade em 1430. O desenvolvimento de Trujillo teve seu apogeu no século 16, com seu papel no descobrimento das Américas.

Andar pela cidade medieval é apreciar os numerosos palácios e casas senhoriais construídas entre os séculos 16 e 18. Uma das características da arquitetura são os balcões na fachada dos prédios. Merecem um olhar mais atento o Palácio de los Duques de San Carlos (século 16); o Palacio del Marquesado de Piedras Albas, com seus três arcos; o Palacio de los Marqueses de la Conquista, construção de 1570 custeada por um dos irmãos Pizarro, Hernando; e o Palacio de Juan Pizarro de Orellana, construído em 1541, que hospedou Miguel de Cervantes, o autor de “Dom Quixote”, a mais famosa obra da literatura espanhola.

A cidade é cercada por muralhas com torres. O castelo árabe do século 9, construído durante o apogeu do califado de Córdoba, se destaca nesse conjunto arquitetônico.

Igreja de San Martin, na Plaza Mayor.

Igreja Santa Maria la Mayor, em estilo românico.

Alto da torre da Igreja de Santa Maria la Mayor com o castelo árabe ao fundo..

Prédios com balcões na fachada, estilo arquitetônico de Trujillo.

O charme da cidade ao anoitecer.

Lojinha que vende as delícias da Extremadura.

Entre os edifícios religiosos, destaca-se a Igreja Santa Maria la Mayor, construída entre os séculos 13 e 14 e considerada um dos mais belos exemplos do românico em Trujillo. Ao redor da Plaza Mayor estão as igrejas de San Francisco (1600), Santa Clara (século 15) e San Martín (séculos 14 e 16).

Trujillo é a primeira etapa da Rota dos Conquistadores, conhecida por esse nome por passar por lugares ligados aos personagens ilustres que participaram do Descobrimento da América. O percurso inclui as cidades de Medellín, Villanueva de la Serena, Badajoz e Jerez de la Frontera.

Da cidade é possível fazer bate-volta a Cáceres (47km/35 min de carro), Guadalupe (78km/1h20), Mérida (88km/1h) e o Parque Nacional de Monfragüe (25km).

 

Gastronomia

Na cidade, aproveite para experimentar alguns dos pratos mais representativos da região, como os produtos derivados do porco ibérico, e receitas como a caldereta, um guisado a base de carne de cordeiro e cabrito, migas e sopas frias como gazpacho. Para acompanhar, um vinho da Denominação de Origem Ribera del Guadiana.

 

Veja mais fotos de Trujillo:

 Trujillo, na Extremadura espanhola

Trujillo, na Extremadura espanhola

Trujillo, na Extremadura espanhola

Trujillo, na Extremadura espanhola

Trujillo, na Extremadura espanhola

Trujillo, na Extremadura espanhola

 

Onde ficar:

Parador de Trujillo: Ocupa o antigo monastério de Santa Clara, um convento do século 16 em estilo renascentista.

Eurostar Palacio de Santa Maria: O hotel está localizado no centro histórico de Trujillo, ao lado da Plaza Mayor e do castelo. Ocupa um  edifício do século XVI.

Hostal San Miguel: O Hostal San Miguel fica a 300 metros da Plaza Mayor e perto de muitas das igrejas e castelos da cidade.

Hotel Boutique Casa de Orellana: O Casa de Orellana está localizado no coração de  Trujillo. Datando do século XV, o hotel oferece uma piscina e quartos decorados com requinte.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *