15/07/2024

Alentejo: 10 dicas para aproveitar o inverno na bela região de Portugal

O Alentejo é bom de visitar em qualquer época do ano, mesmo no inverno. Na foto, o vilarejo de Monsaraz. Foto: Turismo do Alentejo

Para quem quer curtir o inverno europeu, é hora de colocar um bom casaco na mala e embarcar em uma adorável viagem por terras alentejanas. O inverno no hemisfério norte – que vai de dezembro até março  – reserva ótimas surpresas nos cenários pitorescos e encantadores do Alentejo, maior e mais autêntica região de Portugal. Confira dez dicas imperdíveis.

1 – Aproveitar o clima

Os dias de inverno no Alentejo são ensolarados com temperaturas amenas, mas nada do frio intenso como no restante da Europa. É possível se deparar com alguns períodos mais chuvosos também. Por isso, o ideal é investir em uma mala com roupas mais quentes, com casacos e calçados fechados. 

2 – Fazer programas culturais

Se as temperaturas mais baixas fazem você querer se abrigar em locais fechados, aposte nos programas culturais. O Alentejo tem locais impressionantes para visitar, como a Catedral de Évora e a Capela dos Ossos, em Évora, o Forte de Nossa Senhora da Graça, em Elvas, e o Paço Ducal de Vila Viçosa. Além disso, há uma excelente oferta de museus muito interessantes, como o Museu da Tapeçaria, em Portalegre, ou o Museu de Évora.

3 – Conhecer o patrimônio histórico alentejano

Se quiser encarar o ventinho gelado e ver de perto o patrimônio histórico alentejano, há cidades e vilas que são verdadeiros museus a céu aberto e com construções magníficas, como Monsaraz, com suas ruas de pedra e o castelo no topo de uma colina, Marvão, com seu castelo de mais de 700 anos, entre outros lugares.

4 – Curtir atividades ao ar livre 

Mesmo com as baixas temperaturas, os constantes dias de sol convidam para atividades ao ar livre. Uma ótima opção é explorar as planícies com campos de plantações que aguardam a mudança de estação durante a tarde. O passeio é a certeza de presenciar um deslumbrante pôr do sol.

5 – Praticar esportes 

Os amantes de esportes podem realizar um passeio de bicicleta, moto ou jipe para aproveitar as paisagens bucólicas que ganham um tom mais opaco durante o inverno, mas sem perder o seu charme. Também é possível praticar caminhadas. Cidades como Mértola, Beja, Alandroal e Serpa são os pontos mais procurados pelos visitantes para essas atividades.

6 – Provar a gastronomia 

O clima frio e úmido também é perfeito para provar os pratos quentes típicos da culinária alentejana, como o ensopado de borrego – como é chamado o cordeiro com menos de um ano. Antes da adoção da carne de porco, era o carneiro que predominava na gastronomia regional, principalmente em ensopados, cozidos e guisados. É uma verdadeira iguaria, temperado com hortelã e ervas aromáticas.

Alentejo: 10 dicas para aproveitar o inverno na bela região de Portugal

No inverno, se pode visitar os olivais centenários e ainda ver de perto o lugar onde os frutos são processados e dão origem ao azeite. Foto: Turismo no Alentejo

7 – Visitar um olival 

É nessa estação que se pode visitar os olivais centenários e ainda ver de perto o lugar onde os frutos são processados e dão origem ao azeite, parte fundamental da cozinha local. Entre as atividades mais comuns estão as visitas às herdades, onde é possível acompanhar todas as fases de produção desde o plantio e a colheita até o lagar, onde a azeitona é prensada, além de participar de degustações dos azeites e aprender as diferenças entre cada um deles.

8 – Degustar vinhos diferentes 

Reconhecido como uma das principais regiões vitivinícolas do mundo, o Alentejo conta com processos curiosos de produção da bebida. Como é o caso do vinho Invisível, que apesar de branco é feito com as “lágrimas” das uvas tintas, gotas de suco que são tiradas sem esmagá-la nem usar a casca. Já na produção do vinho Conde D’Ervideira Vinho da Água, a bebida é submetida a um estágio de maturação em garrafas submersas no lago Alqueva, resgatando o processo chamado de “vinho da água”. E claro, o famoso vinho de talha, produzido seguindo conhecimentos milenares sem sofrer quase nenhuma modificação desde o Império Romano.

Capela dos Ossos, em Évora. Foto: Amazonas e Mais.

9 – Descobrir construções inusitadas 

O Alentejo possui algumas construções bastante inusitadas, com histórias diferentes e curiosidades imperdíveis, como a Capela dos Ossos com paredes e pilares revestidos de milhares de ossos e crânios reais, e o Cromeleque dos Almendres, monumento megalítico com 95 monólitos de pedra dispostos em formato circular e em perfeito estado de conservação – mais antigo que o famoso Stonehenge, na Inglaterra. 

10 – Desfrutar de hotéis charmosos

A oferta hoteleira do Alentejo é excelente e garante muito conforto e comodidade aos turistas. Há hotéis de luxo em meio às paisagens bucólicas do campo que oferecem a possibilidade de tomar um bom vinho diante da lareira, desfrutar de tratamentos em spas, relaxar em piscinas aquecidas ou jacuzzis, entre outros. Desse modo, a experiência do inverno no Alentejo fica ainda melhor.

Alentejo: 10 dicas para aproveitar o inverno na bela região de Portugal

Hotel Sublime Comporta. Foto: Turismo no Alentejo.

 

Fonte: Turismo no Alentejo

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *