21/09/2019

As muralhas medievais de Ávila, na Espanha

Ávila é famosa por suas muralhas medievais, que estão entre as mais lindas e bem preservadas do mundo. Localizada na região de Castela e Leão, na Espanha, é um exemplo de cidade fortificada da Idade Média e foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco em 1985.

Fundada pelos romanos, Ávila tem cerca de 2000 anos. Passou pelas mãos de visigodos e árabes, até a reconquista cristã no século XI.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

As muralhas datam do século XII e contornam todo o centro histórico. Têm mais de 2km de comprimento com 88 torres e nove portões – o mais impressionante é a Puerta de San Vincent que ocupa o lado mais antigo. É possível subir e andar pelas muralhas. Um dos acessos fica ao lado da Puerta del Alcázar, na praça de Santa Teresa.

De longe, a cidade fortificada oferece uma bela visão das muralhas com suas torres. Um dos melhores pontos para fotos é do Cuatro Postes, fora das muralhas. Se não quiser ir andando, você chega lá no tour de tuk tuk, um veículo com capacidade para até 6 pessoas. O roteiro dura cerca de 35 minutos e passa pelos principais pontos turísticos dentro e fora das muralhas. O ponto de partida é na Calle de San Segundo, próximo da Basílica de San Vicente.

Paseo del Rastro, uma agradável caminhada ao redor das muralhas.

Plaza del Mercado Grande, também conhecida como Plaza de Santa Teresa.

O convento de Santa Teresa.

Estátua de Santa Tereza, na Praça del Mercado Grande, fora das muralhas.

Uma dos portões de entrada para a cidade murada.

Catedral de Ávila.

 

Santa Teresa de Ávila

A cidade tem uma forte ligação com Santa Teresa, que nasceu em Ávila e fundou a Ordem das Carmelitas Descalças. Tem até doce típico com nome da santa: o yemas de Santa Teresa.

O convento de Santa Teresa foi construído onde ficava a casa dela, dentro da muralha. A história da santa também se estende ao Convento de San José e ao Monasterio de la Encarnación, onde viveu por mais de 20 anos, que ficam extra-muros.

Aliás, para quem gosta de visitar igrejas, Ávila é um prato de mão cheia. Tem a Catedral del Salvador de Ávila, uma mistura de estilos românico e gótico; e a Basílica de San Vicente, do lado de fora das muralhas, construída em homenagem aos irmãos mártires Vicente, Sabina e Cristeta, que teriam sido martirizados pelos romanos no século IV e seus corpos enterrados em uma rocha oca onde foi erguida a basílica.

Além disso, na Plaza del Mercado Grande, também conhecida como Plaza de Santa Teresa, localizada extra-muros em frente a Puerta del Alcázar, está a Iglesia de San Pedro, uma construção românica dos séculos XII e XIII. A praça, que já foi o ponto principal do comércio da cidade na Idade Média, é cercada por lojas e restaurantes.

 

Veja mais fotos de Ávila:

 

Com ir de Madri para Ávila

Ávila é uma boa opção de bate-volta a partir de Madri.

De trem – As duas cidades são ligadas por trens operados pela Renfe. Os trens partem da estação Madrid Chamartín. A viagem mais rápida dura cerca de 1h30.

De ônibus – A rota é operada pela empresa Jiménez Dorado. A viagem mais rápida leva 1h35 e os ônibus partem de Madri da Estación Sur de Autobuses. Consulte o site da Avanza.

 De carro – São 110km de distância entre as duas cidades. A viagem demora, em média, 1h40, pela rodovia AP- 6.

 

Onde ficar:

Parador de Ávila – Prédio histórico e bem localizado. Faz parte da rede Paradores da Espanha.

Área externa do Parador de Ávila.

Palácio Valderrabanos – um quatro estrelas com excelente localização

One thought on “As muralhas medievais de Ávila, na Espanha”

  1. Ronaldo disse:

    Ótima matéria!
    Sou fã desse lugar!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Booking.com