02/07/2020

Prédio da Alfândega, o primeiro pré-moldado de Manaus, portão de entrada da borracha

Alfândega de Manaus

A beleza do prédio da Alfândega de Manaus e a Guardamoria, no complexo portuário da cidade. Fotos: Amazonas e Manaus

Nem mesmo o aspecto deteriorado consegue esconder a beleza do conjunto arquitetônico composto pela Alfândega e Guardamoria, localizado na área portuária de Manaus, no centro histórico, às margens do rio Negro.

Os dois prédios foram construídos pela empresa inglesa Manaos Harbour Limited, como parte do contrato de concessão do porto da cidade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

A Alfândega é um dos primeiros prédios pré-fabricados do mundo. Construído na primeira década do século 20, foi tombado como patrimônio histórico nacional em 1987 junto com o complexo portuário.

A pedra fundamental da obra foi lançada em 1906, por Afonso Penna, o primeiro presidente da República a visitar Manaus. Somente três anos depois o prédio foi inaugurado, em 17 de janeiro de 1909.

O edifício singular, de estilo eclético com elementos medievais mouriscados e renascentistas, foi construído pelos ingleses com materiais importados de Liverpool. Os blocos de tijolos aparentes e pré-montados foram trazidos em porões de navios para Manaus.

O projeto é da autoria dos arquitetos Edmund Fisher, H.M. Fletcher e G. Pinkerton. A fachada possui três pavimentos, cada um menor que o inferior, até o terceiro que se assemelha a um sótão. No térreo, uma grande porta em arco abre-se para revelar uma escadaria em ferro fundido, cujos mastros sustentam as esculturas da indústria e do comércio. No segundo piso, janelas unidas por colunas; e no terceiro piso, envasaduras com arcos rebatidos. No frontão retangular, na frente do prédio, lê-se a inscrição “Alfândega”, coroada com ameias e a estrela republicana.

O edifício foi projetado para funcionar como escritório geral da empresa inglesa no pavimento inferior e moradia dos diretores no pavimento superior.

A Guardamoria integra o complexo da Alfândega de Manaus

A Guardamoria segue o mesmo estilo arquitetônico do prédio da Alfândega de Manaus

Guardamoria

A Guardamoria foi construída no mesmo período e com igual estilo arquitetônico. Era destinada ao policiamento fiscal nos portos e a bordo dos navios. O prédio possui uma torre com farol – hoje desativado – construído em aço e, na época, sua iluminação de arco voltaico produzia uma luz de grande intensidade.

Em janeiro de 2014, a sede da Alfândega do Porto de Manaus deixou de funcionar no prédio centenário, que aguarda uma destinação. Não é aberto para visitação.

Endereço: Rua Marquês de Santa Cruz, s/nº – Centro

 

Veja mais fotos da Alfândega de Manaus:

Prédio histórico da Alfândega de Manaus

Fotos: Amazonas e Mais

Prédio histórico da Alfândega de Manaus

Prédio histórico da Alfândega de Manaus

 

Leia também:

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

One thought on “Prédio da Alfândega, o primeiro pré-moldado de Manaus, portão de entrada da borracha”

  1. Marcos disse:

    Bons tempos q podíamos acessar gratuitamente parte do porto pela Passarela na frente do Terminal de ônibus. Ver o Porto flutuante, as embarcações e as marcações das cheias. Quem quisesse poderia comer e beber nos lanches e restaurantes. Acredito que o acesso pela Passarela continuai bloqueado e para ver a pé de perto o porto só dando uma grana para vendedores de passagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Booking.com