20/07/2019

Cinco parques para conhecer em Manaus

Manaus tem alguns parques que permitem fazer caminhadas, passear com as crianças ou ter um contato maior com a natureza. Alguns oferecem também a oportunidade de ver pequenos animais em seu habitat natural. Confira cinco parques urbanos da capital amazonense:

Parques de Manaus

Pórtico do Parque Senador Jefferson Péres. Foto: Divulgação

Parque Senador Jefferson Péres

Parque Senador Jefferson Péres é um dos ambientes mais relaxantes e agradáveis do Centro de Manaus. A área é extensa. São 53,4 mil metros quadrados e mais de 1.200 árvores plantadas. Há segurança permanente, embora o recomendável é ir ao local apenas durante o dia.

A entrada pode ser tanto pela avenida Lourenço Braga (conhecida como rua da Manaus Moderna) ou pela avenida Sete de Setembro, a partir do lado externo do Centro Cultural Palácio Rio Negro. Seja qual for a entrada, aconselha-se conhecer o pórtico principal, uma grandiosa estrutura de ferro com mais de 10 metros de altura, cujo piso de entrada tem o mesmo desenho do piso da Praça São Sebastião, em frente ao Teatro Amazonas, inspirado no Encontro das Águas e inspiração para as famosas calçadas de Copacabana.

Leia mais

 

Parques de Manaus

Passarelas no meio da mata no Parque do Mindu. Foto: Tereza Cidade

Parque do Mindu

Quer ter a oportunidade de observar e apreciar um pouco da fauna silvestre de Manaus? Então vá ao Parque Municipal do Mindu, uma unidade de conservação administrada pela Prefeitura de Manaus. Visitar o Mindu, como é mais conhecido, oferece uma sensação lúdica e prazerosa, especialmente para quem quer fugir do ambiente de cidade grande.

Com sorte e atenção, é possível se deparar com pequenos mamíferos que habitam o local, como cotias e pacas. Com mais atenção, o visitante pode avistar uma preguiça dependurada na árvore ou mesmo alguns primatas. É o caso do sauim-de-coleira ou sauim de Manaus, um pequeno macaco endêmico da capital amazonense. O sauim-de-coleira é um dos animais com maior risco de extinção da Amazônia e seu habitat é restrito às florestas da capital amazonense.

Leia mais

 

Parques de Manaus

Parque Ponte dos Bilhares. Foto: Tereza Cidade

Parque Municipal Ponte dos Bilhares

Um parque com uma diversidade de opções de lazer, com direito a caminhadas, leituras, brincadeiras em playgrounds e lanchonetes. Assim é oParque Municipal Ponte dos Bilhares, localizado em uma das áreas de maior movimentação comercial de Manaus. O Parque dos Bilhares, como é mais conhecido, é um espaço genuinamente urbano, com áreas verdes secundárias, que se destaca em meio a uma região extremamente urbanizada.

Sua localização abrange duas das principais vias públicas de Manaus, as avenidas Constantino Nery e Djalma Batista, no bairro Chapada, na zona sul de Manaus. É muito frequentado por moradores de condomínios próximos ao local.

Leia mais

 

Parques de Manaus

O Parque Rio Negro oferece um bela panorâmica do rio e da ponte. Foto: Tereza Cidade

Parque Rio Negro

Parque Rio Negro está localizado na orla do bairro São Raimundo, zona Oeste. É um complexo de lazer com mirantes para a Ponte Rio Negro e para a beleza do rio que banha a capital do Amazonas.

Inaugurado no dia 30 de abril de 2015, o Parque é dotado de 36.590 m² de área urbanizada com pistas de caminhada, seis quiosques, quatro praças, uma academia ao ar livre com 16 equipamentos de ginástica para uso gratuito, playground com piso emborrachado, banheiros masculino e feminino, vagas de estacionamento, iluminação ornamental, pistas para caminhada e jardins.

Tem quatro mirantes, que se debruçam sobre as águas do rio Negro oferecendo uma pequena panorâmica da orla da cidade e uma bela vista da Ponte Rio Negro, que liga Manaus ao município de Iranduba.

 

 

O Bosque da Ciência reúne uma mostra da fauna e flora da Amazônia. Foto: Tereza Cidade

Bosque da Ciência

Um pedaço da fauna e da flora amazônica em plena zona urbana de Manaus. Este é o Bosque da Ciência, uma área de aproximadamente 13 hectares de floresta nativa, com trilhas, lagos e muitos bichos para observar.

O Bosque da Ciência foi inaugurado em 1995 em comemoração aos 40 anos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), uma das mais importantes instituições de pesquisa da Amazônia. A ideia de sua criação era simples: abrir as portas para a população e aproximar as pessoas da produção científica.

Leia mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *