Parque Senador Jefferson Péres, área verde no Centro de Manaus

Atualizada em 12/06/2018 

O Parque Senador Jefferson Péres é um dos ambientes mais relaxantes e agradáveis do Centro de Manaus. A área é extensa. São 53,4 mil metros quadrados e mais de 1.200 árvores plantadas. Há segurança permanente, embora o recomendável é ir ao local apenas durante o dia porque o centro de Manaus, como quase todas as cidades brasileiras, fica muito abandonado, com o comércio fechando as portas.

jeff1

O pórtico em ferro e os espelhos d’água. Fotos: Tereza Cidade

jeff2

A área é ampla e bem cuidada, com calçadas que lembram o Largo de São Sebastião, no entorno do Teatro Amazonas, numa referência portuguesa ao Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões, patrimônio imaterial do Brasil, em Manaus

A entrada pode ser tanto pela avenida Lourenço Braga (conhecida como rua da Manaus Moderna) ou pela avenida Sete de Setembro, a partir do lado externo do Centro Cultural Palácio Rio Negro. Seja qual for a entrada, aconselha-se conhecer o pórtico principal, uma grandiosa estrutura de ferro com mais de 10 metros de altura, cujo piso de entrada tem o mesmo desenho do piso da Praça São Sebastião, em frente ao Teatro Amazonas, inspirado no Encontro das Águas e inspiração para as famosas calçadas de Copacabana.

Construído em cima de igarapés (cursos d´água) que foram aterrados pelo governo do Amazonas, o parque leva este nome em homenagem a um dos mais proeminentes políticos do Amazonas, Jefferson Péres, já falecido. Uma estátua de bronze com suporte de mármore, em tamanho natural, foi confeccionada pelo artista paulistano Murilo Sá Toledo em homenagem ao senador e está localizada próximo ao pórtico.

jeff6

Estátua do senador Jefferson Péres.

Próximo à estátua está outra atração do parque: um enorme mastro com aproximadamente 60 metros de altura com a maior bandeira do Amazonas, com tamanho de 12,30 x 17,57.

O Chafariz das Quimeras e suas extensas trilhas, com cadeiras a cada 10 metros, são alguns dos principais atrativos do parque. O local é rico em vegetação suspensa, do tipo trepadeira, ao longo de todas as trilhas. Esta bela vegetação dá a sombra suficiente para quem quer descansar e conversar.

jeff7

As estruturas de ferro trabalhadas remetem ao período da Belle Époque, também conhecido como Período Áureo da Borracha

jeff10

As trilhas de túneis, cujas árvores trepadeiras ainda não estão fechando a cobertura

Os arcos de ferro.

Esculturas de ferro retratando modelos da Belle Époque.

O orquidário, uma estrutura de ferro com o formato do Mercado Adolfo Lisboa, está fincada na área central do Parque. Reúne mais de 40 espécies de orquídeas colhidas na região Amazônica. As visitas acontecem de quarta-feira a domingo, de 17h às 21h.

O parque tem vários monumentos de homenagem à história de Manaus. Quem segue até o Centro Cultural Palácio Rio Negro encontra alguns monumentos de metais. São imagens de personagens da época da borracha e bondes, meio de transporte do início do século XX em Manaus.

jeff16

O orquidário, que estava fechado para manutenção.

jeff9

Igarapé que corta o parque.

Ponte com a Vila Ninita ao fundo.

As crianças têm direito a este playground

jeff25

Praça da Fonte.

jeff24

Detalhe da fonte: os leões alados.

Espelho d’água na Praça da Fonte.

Caminhar e passear no Parque Senador Jefferson Peres é reconfortante e seguro. O único problema é o cheiro que exala de um dos igarapés ao redor, próximo à avenida Sete de Setembro. Para quem não quer se sentir incomodado, basta pedir informações dos seguranças que eles orientam sobre este detalhe.

 

 

Serviço:

Endereço: Está localizado no Centro de Manaus, entre as avenidas 7 de Setembro, 1547, e Lourenço da Silva Braga, Ruas Lima Bacuri, Dr. Almínio e Jonatas Pedrosa.

Horário de funcionamento:

Segunda a segunda das 06h às 22h (visitação e caminhada)

 

Roteiro de Visitação: 

Espelhos d’água

Portal (Pórtico): Marco transparente, feito de ferro, é encabeçado por renda metálica com desenho semelhante ao do gazebo do Mercado Municipal Adolpho Lisboa, recuperando e valorizando traços decorativos reconhecidos pela grande massa da população de Manaus. O piso repete o modelo do adorno do Largo de São Sebastião, registrando o encontro das águas dos rios Negro e Solimões.

jeff28

A renda metálica do pórtico é semelhante à do Mercado Adolpho Lisboa.

Praças: Avião, Fonte, Bonde, Charrete/Escadaria e dos Namorados

Avião: A Praça do Avião é a reprodução de um hidroavião, criado e construído nos antigos jardins do Palácio Rio Negro, em 1926, pelo fotógrafo e cineasta Silvino Santos, que era motorista do Governador Ephigênio Ferreira de Salles. Denominado de hidroavião “Amazonas”, que foi experimentado na Bahia do rio Negro, no porto de Manaus.

Fonte: No centro do parque em ponto mais imponente, está instalada uma fonte de ferro fundido, originária de Glasgow, Escócia. Foi trazida para Manaus no Período Áureo da Borracha e inaugurada no centro antigo em 1913 pelo Governador Jonathas Pedrosa e prefeito Jorge de Mores. Completando a simetria do desenho os dois espelhos d’água, que visualizados do alto tem formato de uma borboleta.

jeff26

A fonte do Período Áureo da Borracha.

Bonde: O Bonde elétrico foi o transporte urbano característico do período da Belle-Époque em Manaus, iniciado pelo governador Eduardo Ribeiro, em 1895. Na área interna do Palácio Rio Negro, sede do governo do Estado, ficava instalado um bonde especial, chamado de Bonde do Governador, por isso sua inserção no Parque para avivar a memória coletiva.

Pontes: Elaboradas como replicas de ferro das grades do Palácio Rio Negro, promove uma integração com as conhecidas Pontes Romanas da Avenida 7 de Setembro.

jeff29

Gazebos de alimentação.

Playgrounds: para crianças de 0 a 5 anos, crianças de 5 a 10 anos e diferenciado para pré-adolescentes.

Túneis de ferro com trepadeiras

Orquidário

Gazebos de Alimentação

 

Leia também:

Parque Rio Negro, novo cartão postal de Manaus resgata vocação da orla de São Raimundo

Habitat do Sauim de Manaus, Parque do Mindu é espaço de lazer e educação ambiental

Parque dos Bilhares, espaço onde Manaus ‘respira’ entre as duas principais vias da cidade

4 thoughts on “Parque Senador Jefferson Péres, área verde no Centro de Manaus”

  1. Márcia disse:

    Parque mais bonito de Manaus!!

  2. E.E. Diofanto Vieira monteiro disse:

    Boa tarde ! Estou por meio deste me informar se foi atendido o pedido feito no dia, 31 de Agosto de 2017, através do oficio de nº82/2017. Para ceder o espaço do parque Jefferson Peres , na Semana da Pátria, no dia 04/09/2017 para um momento \cívico entre as Escolas Estaduais Diofanto V. Monteiro e E.E Augusto Carneiro.Estamos no Aguardo !

    RESPOSTA
    Somos um portal de turismo, não respondemos por gestão de parques de Manaus.

  3. João Paulo disse:

    Perfeito para caminhar e levar a gurizada para brincar.

  4. RIVALDO SOUZA DA COSTA disse:

    alquém sabe informar quantos km tem a trilha?

    RESPOSTA
    Lamento, mas não sei informar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *