25/07/2021

Biarritz, o elegante balneário francês do País Basco

Biarritz, o elegante balneário francês do País Basco

Em Biarritz, o Hôtel du Palais (Hotel do Palácio) já foi residência de verão do casal imperial Napoleão III e Eugénie. Foto: Divulgação

De um simples vilarejo portuário que se dedicava à caça de baleias, Biarritz se transformou em destino de veraneio da realeza europeia em 1850. Localizada no sudoeste da França, a 170 km de Bordeaux e 40 km de San Sebastian, perto da cadeia montanhosa dos Pirenéus na fronteira com a Espanha, essa elegante cidade encanta com suas praias, prédios históricos e beleza natural. É banhada pelo golfo da Biscaia e faz parte do País Basco, uma região histórico-cultural onde residem os bascos.

Biarritz caiu nas graças da nobreza depois que conquistou o casal imperial Napoleão III e Eugénia, que decidiu construir uma residência de férias em 1855, transformada no Hôtel du Palais (Hotel do Palácio) desde 1893. Também atraiu os escritores Ernest Hemingway, Émile Zola e Victor Hugo, que apaixonado pela cidade profetizou que Biarritz iria se tornar um dos locais mais famosos da França. Acertou na mosca! A cidade é um dos destinos europeus mais procurados no verão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

Com 4km de litoral, há muitas praias para conhecer: a maior e mais conhecida é La Grande Plage, no coração da cidade; a Plage Miramar, entre o farol e o Hôtel du Palais; a Plage Port Vieux, pequena e charmosa, perto do antigo porto; e a Plage de La Côte des Basques, a principal praia de surf da cidade.

O litoral é famoso pela altura e força de suas ondas. A cidade virou reduto de surfistas depois que o roteirista de Hollywood Peter Viertel, em 1957, gravou um filme levando pranchas de surf. Desde então, a cidade já sediou grandes campeonatos nacionais e internacionais e conta com várias escolas de surf.  A cidade também é conhecida por seus campos de golfe e de rúgby.

Biarritz é um centro de talassoterapia (uso da água do mar e elementos marinhos em tratamentos terapêuticos). Pessoas de todas as idades buscam pelos centros de SPA da cidade.

Biarritz, o elegante balneário francês do País Basco

La Grande Plage, no centro a cidade. Foto: Amazonas e Mais.

Rocher de la vierge, em Biarritz

Um dos símbolos da cidade é o Rocher de la Vierge, um afloramento rochoso ligado ao continente por uma ponte. Foto: Amazonas e Mais.

La Ciudad del Océano et Del Surf, em Biarritz

La Cité de l’Océano é um espaço dedicado ao conhecimento e proteção do oceano que oferece muitas experiências de realidade virtual. Foto: Divulgação

O farol de Biarritz

O farol de Biarritz com 73m de altura. Foto: Divulgação

Atrações

Além das praias, Biarritz tem muitos outros atrativos. Um dos símbolos da cidade é o Rocher de la Vierge, um afloramento rochoso ligado ao continente por uma ponte. Esta rocha deve o seu nome à estátua da virgem que foi instalada no seu cume em 1865. Diz a lenda que os pescadores de Biarritz que pescavam baleias foram apanhados numa terrível tempestade. Uma luz divina os guiou para retornar ao porto. Os sobreviventes ergueram em agradecimento uma estátua da virgem nesta rocha.

Antigamente, esse lugar era um ponto de observação de baleias. Napoleão III decidiu furar esta rocha e conectá-la à costa por uma passarela. A primeira de madeira não resistiu as forças das ondas. Em 1886, foi montado uma estrutura metálica que muitos atribuem erroneamente a Gustave Eiffel. A verdade é que a construção da ponte foi feita pelas oficinas Schryver & Cie. É um ótimo lugar para apreciar a beleza da Costa Basca, mas nos dias de fortes ventos a ponte é fechada.

A cidade também tem ótimos museus. Projetado pelo nova-iorquino Steven Holl, o Musée de la Mer abriga mais de 150 espécies de peixes e muitas atrações interessantes, como a caverna dos tubarões. Nos quatro andares de exposições é possível conhecer um pouca da história da caça às baleias de Biarritz e da vida marinha. Inaugurada em 2011, La Cité de l ‘Océano é um espaço dedicado ao conhecimento e proteção do oceano que oferece muitas experiências de realidade virtual. O Museu Asiática é um dos cinco maiores museus europeus de arte oriental.

Outra atração é o farol de 73m de altura, que fica em Pointe Saint-Martin, construído em 1834. É possível explorar o interior do farol e ir até o topo, se você tiver disposição para encarar 248 degraus.

O Hôtel du Palais, o palácio construído pelo imperador Napoleão III, também é um dos pontos turísticos mais conhecidos de Biarritz. Foi construído por volta de 1855 e, em 1880, foi vendido e convertido em um cassino. Foi destruído durante a guerra e restaurado nos anos 1950, voltando ao seu auge como o luxuoso Hôtel du Palais.

Também não deixe de visitar a Capela Imperial, erigida em 1864 por ordem da imperatriz Eugénie, e o Cassino Municipal, com sua bela arquitetura em art décor. Ele fica bem no centro de Biarritz e tem salas de jogos, teatro, piscina e restaurante. Aproveite para passear na cidade e apreciar a beleza dos seus prédios antigos e châteaux (castelos).

 

Les Halles de Biarritz

Les Halles, o mercado da cidade. Foto: Amazonas e Mais.

O que fazer em Biarritz

Pont des enfants, perto da La Grande Plage. Foto: Amazonas e Mais.

Presunto de Bayonne, em Biarritz

O presunto de Bayonne, uma das iguarias bascas. Foto: Amazonas e Mais.

Gastronomia

Um ótimo lugar para experimentar as iguarias do povo basco é no Les Halles, o mercado da cidade. A construção histórica data de 1885 e é um ponto turístico importante da cidade. Não deixe de experimentar o presunto de Bayonne e o queijo de ovelha. O bolo basco é feito com amêndoas e com recheio de creme ou geleia de cerejas pretas.

Também excelente para experimentar a comida basca é as Portas dos Pescadores. O local de onde partiam os pescadores de baleia agora abriga restaurantes especializados em peixes e frutos do mar.

Um dos restaurantes conceituados da cidade é o Bistrô Le Pim’Pi, que propõe uma culinária autêntica que valoriza os produtos regionais. Reserve com antecedência.

Cidades próximas

Biarritz fica próxima de outras cidades interessantes do País Basco, como Bayonne, do lado francês, e San Sebastian, na Espanha. Outro lugar interessante é Getaria, um vilarejo medieval de pescadores.

Onde ficar:

Hotel Cosmopolitain: Hotel três estrelas muito bem localizado, próximo a Grande Plage.

Hôtel du Palais: O icônico palácio de verão de imperadores tem um preço salgado, mas é deslumbrante.

Hotel Anjou: Localizado no centro de Biarritz, perto da praia.

 

Veja mais fotos de Biarritz:

Roteiro por Biarritz

Fotos: Amazonas e Mais.

 

Leia também:

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *