19/08/2022

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Veja a Parintins que vai surpreendê-lo e encantá-lo neste Festival. Foto: Peta Cid

Quem já experimentou as emoções de estar em Parintins e viver a magia da brincadeira dos bois Caprichoso e Garantido pode preparar o coração para testemunhar o que promete ser o maior Festival Folclórico de Parintins de todos os tempos.

Como dizem os poetas, Parintins é um pretexto pra amar, mas dessa vez será impossível não se emocionar ao ouvir o primeiro acorde da toada tocar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

A cidade já está pronta para contar a história do 55º Festival Folclórico e perpetuar expressões, imagens, danças, cantos de gente apaixonada que faz de cada pedacinho da ilha uma fonte inesgotável de inspiração.

A cidade se enfeita para a retomada, depois de dois anos da pandemia que enlutou sonhos, calou poesias, interrompeu sorrisos, silenciou nomes e sobrenomes. O povo de força e de fé enxugou o pranto e, com as bençãos do manto da padroeira Nossa Senhora do Carmo, está de pé e pronto para levantar seu canto.

O silêncio dos tambores, o distanciamento, os rostos escondidos pelas máscaras, agora dão lugar à cadência das toadas, aos abraços, aos sorrisos e ao colorido da arte que expressa em muros e fachadas o cotidiano, a vida, a tradição, os costumes e a vida do povo parintinense.

Veja, a seguir, um roteiro dos lugares imperdíveis para você visitar, logo ao chegar a Parintins. Porque você não vai perder essa festa, não é?

Bumbódromo se renova em Arte

A arena das paixões, o majestoso Bumbódromo, renova suas cores, fervilham passos e mãos que apressam obras, estruturas, pinturas e esculturas e cada novo detalhe do teatro dos sonhos. O Centro Cultural recebe serviços de pintura geral, revisão de instalações elétricas, reforma de camarotes e arena, construção de cabines dos jurados de Garantido e Caprichoso, reforma de banheiros e instalação de luminárias em LED.

A arte, mais viva e mais vibrante, agora estampa na fachada do grande centro os ícones da festa, um visual que se avista ao longe dando a dimensão da paixão que divide as nações, mas une Parintins em uma só emoção. É o mural “Vitória da Cultura Popular”, um trabalho fantástico dos artistas Curumiz – com essa grafia mesmo.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Fachada do Bumbódromo estampa a arte parintinense. Foto: Peta Cid

“Galeria Cidade Aberta”

Os artistas parintinenses estão deixando o simbolismo da cultura popular nos muros da Ilha da magia. Das mentes criativas nascem não só as grandes estruturas de alegorias, mas uma diversidade de obras de arte. São mais de 2 mil metros de muros colorindo a cidade. Os visitantes se encantam com a memória visual, o talento e a riqueza de detalhes das obras de arte.

Um olhar mais apurado e o artista descreve em cores o índio e seu habitat, os caboclos, seus costumes e tradições. Um toque mágico e tudo se transforma. Lendário, os ritos, as danças tribais, festas juninas, animais, flora e fauna, os fins de tarde nos lagos e igarapés, tudo é eternizado nas paredes.

Parintins se orgulha de celebrar a cultura e valorizar quem dela vive e produz.

As obras são realizadas pelo Coletivo de Artistas Estudantes de Parintins e Curumiz.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

O trabalho artístico toma conta dos muros da cidade e revela o talento dos artistas da terra. Foto: Peta Cid

Currais decoram temáticas 2022

Parintins já está em clima festivo, com apostas de ser um festival emblemático, com muito sentimento e saudade. A motivação começa nos currais dos bois Garantido e Caprichoso, decorados pelas mãos dos artistas que traduzem os temas que os bumbás levam para arena do Bumbódromo. Recriando um ambiente amazônico, o curral do Garantido ganhou ares de “Amazônia do Povo Vermelho”, reproduzindo principalmente o negro, o índio e o caboclo. No Zeca Xibelão, o tema “Nossa Luta em Poesia” é retratado na leveza do azul dos personagens do auto do boi, vaqueiros e no perfil de cada item estampado nas paredes.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

A festa é colorida e começa em frente ao curral do Caprichoso. Foto: Peta Cid

Curral do Garantido exalta o símbolo do bumbá, o coração, e a religiosidade. Foto: Marcos Santos

Bandeiras marcam território

Duas imensas bandeiras nas cores de cada boi identificam os currais em Parintins. Como manda a tradição parintinense que divide a cidade em azul e vermelho, o curral Lindolfo Monteverde fica na zona oeste, no complexo da Cidade Garantido, que na linguagem parintinense se localiza no lado de cima da Ilha. Do outro lado, na zona oeste, área de Baixo, bairro da Francesa, está o curral Zeca Xibelão, do boi Caprichoso. Lindolfo Monteverde foi o fundador do Garantido e Zeca Xibelão o primeiro tuxaua da tribo azul.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Bandeiras marcam os territórios dos bumbás. Esta (foto) é a do Garantido. Foto: Peta Cid

Antes da disputa, os currais movimentam a Ilha

Antes do grande espetáculo é nos currais que tudo acontece. É o ponto de encontro de gente jovem, da velha guarda e das crianças que aprendem a cantar as toadas. É também nos ensaios que a torcida pode desafiar pra valer o boi contrário, tirar versos audaciosos, chamar de feio, invejoso, boizinho disso, boizinho daquilo e até xingar, no bom sentido. Os cantadores de boi não poupam repertório e tufam o gogó nas toadas de desafio.

É nos currais que o torcedor dá os primeiros passos das coreografias ensaiadas para o show das galeras no Bumbódromo. As danças são cuidadosamente definidas pela equipe de coreógrafos, de acordo com os temas dos bois. As tribos coreografadas também realizam seus ensaios nos currais em horários alternados. Há toda uma administração que cuida dos horários de ensaios e da manutenção dos complexos.

O trabalho nos galpões é intenso. Foto: Peta Cid

Bares e lanchonetes

Diante da necessidade de se adaptar e se reinventar durante a pandemia, donos de bares, lanchonetes e restaurantes estão eufóricos com a retomada do evento folclórico e investem em segurança e higiene, buscando atender às novas demandas e tendências dos consumidores.

No balanço do dois pra lá, dois pra cá, muitos parintinenses admitem que o melhor da festa folclórica é brincar nas ruas, praças e nos bares, que emergem nos meses que antecedem a festa com programação variada. Tudo porque o espaço no Bumbódromo está cada vez mais limitado, diante da demanda, e muitos torcedores preferem aproveitar a movimentação, antes da disputa na arena. São muitos os comércios desse segmento que estão disponíveis.

Os bares mais charmosos e badalados se concentram em áreas da Praça dos Bois e Praça Digital. O Redentor Music Bar tem programação de música ao vivo e toada de boi-bumbá.

No ramo de lanchonetes há novidades, como a Hamburgueria Club Beer, na Avenida Amazonas, atendendo com serviços de bar.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Parintinense se orgulha da tapioquinha regional, feita com goma “da pura” e fresquinha. Foto: Peta Cid

Restaurantes

No setor de restaurantes, Parintins se destaca por servir pratos típicos, com tempero e sabores que a natureza generosa da Amazônia oferece. Assados, fritos, cozidos, ao molho de escabeche, à milanesa, no tucupi, o peixe é o prato preferido.

Na farta variedade de peixes da gastronomia regional, tambaqui, bodó, tucunaré, pacu, curimatã, jaraqui, matrinchã e pirarucu são os mais apreciados.

Apostando em modernidade e conforto, uma nova opção, o Restaurante da Vânia inaugurou novo prédio. O Du Preto Restaurantes também está com um cardápio especial para o Festival.

Na orla da cidade, o Coroa’s Peixaria tem ótimas opções de comida regional e o Restaurante do Kuiu, no Píer da Praça Digital surge com seu favoritismo em pratos típicos. No Restaurante a Biroska, o peixe assado é a especialidade da casa.

Bodó, uma das iguarias da ilha. Foto: Marcos Santos

Tentação do beiju e da tapioquinha

Quem ama Parintins já chega desejando curtir a família, os amigos, mas também o tacacá, tapioquinha, o beiju, farinha, tucumã, queijo, mingau de banana com tapioca e outros quitutes.

Em vários pontos da cidade, feiras e esquinas as bancas de tucumã ofertam o fruto da melhor qualidade. Tem até descascado e pronto para consumir, com pão ou com tapioquinha. Na Feira da Praça dos Bois, produtores vendem beiju lavado, lencinho, beiju cica e pé de moleque, o famoso beiju peteca.

No Mercado Central, os boxes tem variedade de opções e delícias que vão desde a tapioca tradicional àquelas mais elaboradas, como crapioca, bolinho de carimã e x-caboquinho, banana frita, cará e macaxeira.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Café da manhã com produtos regionais. Foto: Peta Cid

Cantagalo revitalizado

Inaugurado em 2005, o complexo de esporte e lazer Cantagalo, localizado na comunidade suburbana do Aninga passou por revitalização para receber a população e os visitantes. O local foi fechado no período de pandemia.

As reformas melhoraram as estruturas de píer, quadras de areia, palco, banheiros, estacionamento, iluminação de LED, novos restaurantes e área urbanizada para mesas e atrações, além de bosqueamento, passarelas e ilhas molhadas.

O Cantagalo é principal balneário público de Parintins e um dos mais importantes pontos turísticos do município. É um excelente lugar para o visitante que gosta de contemplar a natureza, os lagos e o por do sol.

Superação nos Galpões

Com o sentimento de superação, renovados pela dor e fortalecidos pelo amor, os artistas dos bois Garantido e Caprichoso estão preparando um grande espetáculo. Bichos gigantescos, criaturas magníficas, seres do imaginário amazônico vão desfilar na arena do Bumbódromo.

A preparação das alegorias para o festival. Foto: Peta Cid

Ambiente familiar é aposta das pousadas

Pequenas pousadas de até doze quartos tem atraído os turistas nos últimos festivais. Com os hotéis sempre lotados com antecedência, os aluguéis de casas e suítes estão em evidência, o que gera renda para as famílias.

Veja a Parintins que você vai encontrar no Festival Folclórico 2022

Com muito charme para receber os viajantes, as pousadas e suítes são aconchegantes, sem contar a tranquilidade do ambiente familiar e o carinho dos proprietários. Foto: Peta Cid

Texto: Peta Cid

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *