11/07/2024

Garantido canta o passado e o presente em noite memorável no Festival de Parintins

Garantido canta o passado e o presente em noite memorável no Festival de Parintins

O Garantido encerrou com muita emoção a primeira noite de apresentação do Festival Folclórico de Parintins 2024. Foto: Mauro Neto/Divulgação

Um espetáculo pautado pela emoção e tradição da Baixa do São José marcou a primeira noite de apresentação do Boi Garantido, no 57º Festival Folclórico de Parintins, na madrugada deste sábado (29/06), que levou para a arena a temática Segredos do Coração.

O apresentador Israel Paulain convocou a galera vermelha e branca para juntos cantarem a toada ‘Vermelho’ iniciando a apresentação. A tradicional contagem revelou o Levantador de Toadas do Garantido na primeira noite, o ‘Uirapuru da Amazônia’, Sebastião Junior.

A porta-estandarte Lívia Cristina surgiu do topo do módulo temático “Segredos da Vida”, abrindo a sua apresentação.

Para falar da origem da vida, subtema da primeira noite, a lenda amazônica Noçokem mostrou a floresta encantada da era dos grandes Pajés e da história da Amazônia. A arena a origem da vida foi contada com base na resistência e sabedoria da nação indígena Sateré-Mawé.

A lenda trouxe a cunhã-poranga Isabelle Nogueira, que levou a galera ao delírio ao se metamorfosear em onça pintada. A cunhã foi homenageada no verso do Amo do Boi, João Paulo Faria, que falou sobre sua trajetória e o destaque dado ao Festival no BBB, o reality show da Rede Globo.

Garantido canta o passado e o presente em noite memorável no Festival de Parintins

A cunhã poranga Isabelle Nogueira e o amo do boi, João Paulo Faria. Foto: Mauro Neto/ Divulgação

O Momento folclórico ‘Beija Flor, origem ancestral’ narrou a chegada do bumba-meu-boi e que em Parintins virou boi bumbá, com estilo e características próprias do povo. Na Baixa do São José foi criado pelo pescador Lindolfo Monteverde.

A alegoria foi projetada pelo artista Francinaldo Guerreiro e trouxe o Boi Garantido para sua evolução, levantando a torcida. A Sinhazinha da Fazenda, Valentina Coimbra, evoluiu em seguida junto com o grupo Gandhicats.

A Figura Típica Ribeirinhas exaltou as pessoas que vivem nessas margens do Rio Amazonas, artesãs por excelência. O Boi homenageou Alexandrina Monteverde, mulher negra de fé, parteira, erveira, rezadeira, artesã que ajudou seu filho Lindolfo a confeccionar o primeiro boi. A Rainha do Folclore Edilene Tavares surgiu para sua evolução.

Garantido canta o passado e o presente em noite memorável no Festival de Parintins

Uma das alegorias do Garantido. Foto: Divulgação

O Ritual Indígena da noite foi Transcendência Kanamari, onde o pajé Adriano Paquetá, com seus poderes superiores, pode neutralizar e vencer as forças maléficas que afligem seu povo. A Alegoria foi projetada pelo artista Ozeas Bentes. O momento teve a participação de Sebastião Júnior com solo de guitarra para a perfomance do Pajé Adriano Paketá, o último a evoluir na Arena.

Veja mais fotos da apresentação do Boi Garantido na primeira noite do Festival de Parintins 2024:

Garantido canta o passado e o presente em noite memorável no Festival de Parintins

Foto: Mauro Neto/Divulgação

 

Texto: Peta Cid

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *