06/07/2022

Após dois anos sem festival, Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar em Parintins

Após dois anos sem festival, Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar em Parintins

Após dois anos sem festival, Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar em Parintins neste ano. Foto: Michael Dantas/Divulgação

Após dois anos de saudade, os bois-bumbás Caprichoso e Garantido voltam a se enfrentar na arena do Bumbódromo, durante o 55º Festival Folclórico de Parintins, que acontece nos dias 24, 25 e 26 de junho. A festa promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, celebra as lendas amazônicas e a cultura, em um espetáculo que encanta pela ousadia e inovação nas alegorias.

A característica principal é a rivalidade entre os bumbás, ao ponto dos torcedores não pronunciarem o nome do adversário e adotarem o termo “contrário”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

Com fantasias, músicas e alegorias grandiosas, os bois encenam a lenda de Catirina, que, grávida, tem desejo de comer língua de boi. Para satisfazê-la, seu marido, pai Francisco, sacrifica o boi favorito do patrão, que o ameaça de morte. Quem salva tudo é um pajé, que ressuscita o animal e garante um final feliz.

Dentro dessa narrativa, os bois apresentam lendas amazônicas e misturam efeitos especiais no ritual tribal dentro da arena do Bumbódromo. No local, mais de 25 mil pessoas acompanham as três noites de Festival.

O show acontece em uma arena em formato estilizado, que lembra a cabeça de um boi. Dividido ao meio, nos dias da apresentação, a torcida, chamada de “galera”, fica em completo silêncio no momento da apresentação do boi adversário.

Os jurados vêm de outros estados e os nomes ficam sob sigilo até o dia da apresentação. Eles ficam com a tarefa de julgar 21 itens, analisando as toadas, alegorias, os personagens de cada agremiação, com a missão de encontrar os pontos que um boi é melhor que o outro, uma tarefa difícil.

Durante o dia, os visitantes e brincantes dos bois podem se divertir e ouvir muita toada nos eventos que acontecem nos palcos alternativos na orla da cidade.

Em 2019 – última edição –, mais de 60 mil pessoas visitaram a cidade no período da festa, assegurando a geração de emprego e renda para a população de Parintins.

Como chegar a Parintins 

Localizada na margem direita do rio Amazonas, Parintins está localizada a 369 quilômetros de Manaus, capital amazonense. A ilha é acessível por barco ou aéreo, mas os turistas podem chegar a Manaus de avião e pegar outro voo da capital amazonense para Parintins. Há voos diretos Manaus-Parintins, que podem durar de 40 minutos a 1 hora. A empresa Azul oferece voos diários no período da festa e alguns são fretados por agências.

Os barcos saem do porto de Manaus e da Manaus Moderna, ambos no Centro da capital. São 18 horas navegando pelas águas do rio Amazonas para chegar em Parintins e 30 horas subindo o rio na volta para Manaus.

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *