22/08/2019

Porto: vinho, sardinha e toda a identidade cultural do Norte de Portugal com o Brasil

Atualizado em 14/06/2018

Por volta de 200 a.C, o Porto se chamava Portus Cale (Porto Belo, em grego), que deu origem ao nome de Portugal. Hoje, a cidade é conhecida mundialmente pelo seu vinho forte (em torno de 20º) e gastronomia, pontes e arquitetura barroca e contemporânea. O centro histórico do Porto e as caves de Vila Nova de Gaia, do outro lado do rio, são classificados como Patrimônio Mundial pela Unesco.

Vila Nova de Gaia, vista da Ribeira, no Porto. Fotos: Tereza Cidade/ Marcos Santos.

porto

Construções no cais da Ribeira.

porto1

Barco que faz o passeio pelas seis pontes, num trajeto histórico dos grandes comerciantes portugueses

Segunda maior de Portugal, atrás apenas da capital, Lisboa, é também conhecida com “Invicta”, por ter suportado o cerco das tropas miguelistas durante a guerra civil de 1832-34.

Você pode começar sua visita pela Ribeira, a parte antiga da cidade, com seus recantos pitorescos. Prepare as pernas para encarar as subidas e escadarias das ruas medievais. A topografia favorece a vista do Douro, que corre mansamente, lá embaixo.

Nessa área há uma grande variedade de restaurantes e, próximo à ponte D. Luís, no cais da Ribeira, saem os cruzeiros rumo às seis pontes, que têm duração de cerca de 50 minutos. Os antigos rabelos (barcos a vela usados para transportar os barris de vinho do Porto) hoje são motorizados para se adaptar ao turismo.

porto14

As pontes que cruzam o Douro.

porto15

Visual do passeio de barco pelo Douro.

porto13

A arquitetura, que lembra o Centro de Manaus (ou vice-versa), com a diferença que tudo funciona, e os pequenos rabelos.

porto16

As construções que tomam toda a encosta, ao longo do rio.

A partir da Ribeira, atravesse a pé a famosa ponte D. Luís, uma das atrações mais fotografadas da cidade, para visitar as caves e provar o famoso vinho do Porto, em Vila Nova de Gaia, na margem sul. Há várias opções gastronômicas desse lado do rio, mas mesmo que você não vá comer, não deixe de passear pela esplanada e se deleitar com a bela vista do casario da cidade do Porto.

De volta à outra margem, visite a Igreja de S. Francisco, com seu interior dourado, e, bem próximo, o Palácio da Bolsa. Não deixe de visitar a imponente Catedral da Sé, construída no século 12.

porto6

Praça da Liberdade.

porto10

Igreja do Carmo e sua lateral de azulejos.

porto7

Palácio da Bolsa

porto5

Construções antigas marcam a cidade do Porto.

Mais adiante encontra-se a Estação de São Bento, famosa por seus murais de azulejos. A partir da Praça de Liberdade, você pode conhecer o Mercado Municipal do Bolhão, que vende produtos de toda a região. Não deixe de saborear os doces portugueses no Café Majestic, um exemplo da Belle Époque, com entalhes de madeiras douradas e espelhos.

Do lado aposto à praça, ergue-se a Igreja e a Torre dos Clérigos, uma das principais atrações da cidade e exemplo da arquitetura barroca. Para chegar no topo da torre, que tem 76 metros de altura, é preciso boa forma física para enfrentar 225 degraus. O prêmio é uma bela vista da cidade. Próximo também fica a Igreja do Carmo, que tem uma bela fachada e uma lateral impressionante, formada por um grande painel de azulejos que representam as freiras carmelitas recebendo o véu, e, vizinha a ela, a Igreja das Carmelitas. Mais adiante tem a Livraria Lello e Irmão, no estilo neogótico, com um grande vitral no teto.

Fora do centro, você pode apreciar algumas das obras arquitetônicas de Álvaro Siza Vieira, como a Casa de Chá de Boa Nova, e a Fundação de Serralves, onde está o Museu de Arte Contemporânea, um dos modernos cartões-postais da cidade. Também com uma arquitetura moderna, a Casa da Música traz a assinatura do arquiteto holandês Rem Koolhaas, e oferece uma programação diversificada de espetáculos.

porto9

Há vários espaços abertos, ao longo do rio, que permitem o deleite com o visual e fotografias à vontade. Vai uma self aí?

 

Matosinhos

Pequena cidade portuária, localiza-se na grande área metropolitana do Porto. Tem como forte o turismo gastronômico, com um leque de restaurantes e tasquinhas que servem várias iguarias como o robalo, lagosta, polvo, bacalhau, tamboril e as famosas sardinhas portuguesas.

 

Como chegar:

A cidade do Porto fica distante 312km de Lisboa, cerca de quatro horas de carro. Trens ligam Lisboa ao Porto, com viagem de 3h de duração.

Consulte aqui os horários dos trens.

 

Onde ficar:

Porto

Pestana Porto Hotel: tem uma localização romântica junto ao Rio Douro, na histórica Praça da Ribeira.

Ribeira do Porto Hotel: também com localização privilegiada no bairro da Ribeira, a 300 metros da Ponte D. Luís.

Palácio Do Freixo: Hotel luxuoso, situado num edifício barroco restaurado do século XVIII. Desfruta de vista para rio Douro.

 

3 thoughts on “Porto: vinho, sardinha e toda a identidade cultural do Norte de Portugal com o Brasil”

  1. Estou morando em Portugal e estou achando esta experiência fantástica. Amo morar em Portugal

  2. Excelente! Obrigado pelas informações, amo morar em Portugal

  3. Adorei seu site. Conteudo de valor e de qualidade. Espero que continue assim. Parabens e muito sucesso. Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *