22/06/2021

Château de Pommard: história e arte na bela vinícola da Borgonha

chateau-pommard-1

O Château de Pommard foi construído por volta de 1726 e teve entre seus hóspedes o imperador Napoleão Bonaparte. Fotos: Tereza Cidade/Marcos Santos

Atualizada em 09/2018

Vinícola da região da Cotê D’Or, na Borgonha, o Château de Pommard se diferencia pela beleza arquitetônica e por oferecer uma curiosa mistura de vinho, arte e história.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

Construído por Vivant Micault, um dos secretários do rei Luís XV, o Château de Pommard é um dos maiores da região, com mais de 20 hectares de vinhedos. Remonta ao ano de 1726 e teve entre seus hóspedes ilustres o imperador Napoleão Bonaparte.

Ao longo de sua história, pertenceu a várias familias: Vivant Micault (1726-1763), Marey-Monge (1763-1936); The Laplanche (1939-2003); The Giraud (2003-2014) e The Carabello Baum (a partir de 2015). De 2004 a 2007 passou por uma ampla restauração e em 2014 foi vendido ao empresário do Vale do Silício Michael Baum, atual proprietário.

A visitação pode começar por seus belos jardins, que ficam em frente ao prédio. É possível fazer visitas guiadas ou não. A vinícola oferece um museu com instrumentos usados na produção de vinhos do século XVII e XVIII e um ambiente que recria uma cozinha do século XVIII.

chateau-pommard-21

Pequena rua que leva ao Château.

chateau-pommard-20

A porta de entrada da vinícola.

chateau-pommard-19

A beleza simétrica do jardim…

chateau-pommard-11

…e a profusão de flores.

chateau-de-pommard

A bela fonte na área central do château.

chateau-pommard-16

A vinícola passou por uma ampla restauração, que realçou sua beleza.

chateau-pommard-17

Prédio onde fica o museu.

chateau-pommard-14

A cozinha do século XVIII.

chateau-pommard-13

Um dos antigos instrumentos usados na produção do vinho.

Tem também uma galeria de arte que abriga exposições temporárias. No ambiente externo, cercado pelos vinhedos, geralmente há exposição de esculturas de grandes artistas.

A vinícola tem uma produção de cerca de 80 mil garrafas de Château de Pommard e 20 mil garrafas de Clos du Château, além de outras variedades, como Monthélie, Volnay, Maranges, movimentando anualmente cerca de 6 milhões de euros.

Você pode fazer a visita à vinícola, com degustação de vinhos. É uma bela oportunidade para mergulhar no variado e sempre surpreendente mundo do vinho.

O château teve entre seus hóspedes o imperador Napoleão Bonaparte.

chateau-pommard-6

Na área externa, grandes barris de vinhos ilustrados com imagens sensuais.

chateau-pommard-10

O tonel visto mais de perto.

chateau-pommard-9

Porta de acesso aos vinhedos.

chateau-pommard-3

Sala para degustação de vinhos.

chateau-pommard-2

Loja onde são vendidos os vinhos produzidos pelo Château de Pommard.

 

Serviço:

Château de Pommard 

End: 15, rue Marey Monge

21630 Pommard – França

Visitação: Aberto todos os dias, das 9h30 às 18h30, de março a novembro; e de 9h30 às 17h30, de dezembro a fevereiro.

Informações e reservas: +33 3 80 22 07 99/ +33 3 80 22 12 59

Email: [email protected] 

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

One thought on “Château de Pommard: história e arte na bela vinícola da Borgonha”

  1. ANTONIO VITAL BARROS DA SILVEIRA disse:

    GOSTEI MUITO, GOSTARIA DE FAZER UMA VISITA A ESSA VINÍCOLA

    RESPOSTA
    Ela é linda mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *