22/08/2019

Veja a programação do Teatro Amazonas em julho, que terá série Encontro das Águas e Palco Giratório

Programação do Teatro Amazonas

A programação do Teatro Amazonas em julho tem como destaque o Festival Palco Giratório e a série Encontro das Águas. Foto: Michael Dantas/SEC.

Em julho, a agenda do Teatro Amazonas traz ao público o Festival Palco Giratório, realizado pelo Sesc, e mais uma edição da Série Encontro das Águas, que reúne o erudito e o pop e é protagonizada pelos Corpos Artísticos da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). A programação ainda inclui concertos da Amazonas Band e Orquestra de Câmara, espetáculo do Corpo de Dança do Amazonas, entre outros eventos. Confira:

2 de julho – No dia 2 de julho, às 20h, tem início o Festival Palco Giratório do SESC, projeto de difusão e intercâmbio das Artes Cênicas com mais de 20 anos de história. A primeira peça será “Meu Seridó”, do grupo Casa Zoé, de Natal (RN).

O espetáculo leva o sertão do Rio Grande do Norte ao público, por meio de um passeio pelo imaginário delirante e mitos do local. “Meu Seridó” também fala da relação do homem com a terra, com humor, música e reflexão. A classificação indicativa é livre e a entrada é gratuita.

3 de julho – “Se eu fosse Iracema” é a segunda peça do Palco Giratório, que será apresentada no dia 3 de julho, às 20h, com entrada gratuita. O espetáculo propõe um olhar sobre o universo indígena brasileiro, transitando entre a tradição e a sua situação atual, e usa referências que vão de mitos e rituais de várias etnias a questões como a demarcação de terras e outros direitos fundamentais, muitas vezes negligenciados.

O monólogo, primeira pesquisa de linguagem do grupo 1COMUM Coletivo, do Rio de Janeiro, com atuação de Adassa Martins, dramaturgia de Fernando Marques e direção de Fernando Nicolau, questiona: qual a real possibilidade de convivência entre as diferenças? A classificação é para 14 anos.

5 de julho – No dia 5, às 20h, será realizada a 2ª Mostra de Repertório Espatódea em comemoração aos 3 anos de aniversário da companhia Espatódea Trupe. No evento serão apresentados dois espetáculos infantojuvenis: “Upiara e a Lenda da Água Doce” e “O Cavaleiro Andante e Seu Fiel Escudeiro”. A entrada para todos os lugares do Teatro é R$20 (valor da inteira) e a classificação é livre.

6 de julho – No dia 6, a Amazonas Filarmônica realiza o concerto “From Vienna With Love To Manaus”, com participação da cantora austríaca Tamara Trojani e de Konstantin Schenk, como regente. A entrada será gratuita, e a classificação livre.

8 de julho – Continuando a programação do Palco Giratório, no dia 8 de julho, às 20h, será apresentada a peça “Traga-me a cabeça de Lima Barreto”, da Cia Comun, do Rio de Janeiro.

Inspirada livremente na obra de Lima Barreto (1881-1922), especialmente em “Diário Íntimo” e “Cemitério dos vivos”, “Traga-me a cabeça de Lima Barreto” é um monólogo teatral que reúne trechos de memórias impressas em suas obras, entrecruzadas com livre imaginação. Com entrada gratuita, o espetáculo tem classificação indicativa para 14 anos.

11 de julho – A Amazonas Band volta ao palco do Teatro Amazonas no dia 11 de julho, às 20h, para o concerto “Memórias para o Futuro”, uma retrospectiva do Festival Amazonas Band. Na ocasião, serão apresentadas obras que fizeram história nas nove edições do evento. A entrada será gratuita e classificação livre.

12 de julho – O Coral João Gomes Júnior apresentará um concerto de gala no Teatro, no dia 12, às 20h, em comemoração aos 63 anos do grupo. O evento terá entrada gratuita e classificação também é livre.

13 de julho – No dia 13 de julho, às 20h, o Festival Palco Giratório apresenta a peça “Mulher Arrastada”, que fala sobre Cláudia Silva Ferreira, mulher negra, pobre que foi baleada pela Polícia Militar em uma operação e teve o corpo arrastado por uma viatura quando estava sendo levada ao hospital. O caso aconteceu em 2014, no Rio de Janeiro.

Entrelaçando fato verídico e narrativa ficcional, esta peça-manifesto mostra a figura trágica de Cláudia reivindicando o que havia sido apagado durante a cobertura jornalística do caso: o seu próprio nome, substituído pela impessoal, violenta e cruel alcunha de “Mulher Arrastada”. A entrada será gratuita e a classificação é de 12 anos.

14 de julho – No dia 14 de julho, às 17h e 19h, o público infantil poderá prestigiar a obra “Branca de Neve: A mais bela de todas”, com montagem da Companhia Metamorfose. O clássico ganha uma nova versão sob um ponto de vista inovador. Repaginada, Branca de Neve é divertida, perspicaz e quebra paradigmas e preconceitos. Nesta versão, Zangado tem um papel fundamental.

Os ingressos custam R$ 40 (valor da inteira) para todos os lugares do Teatro e já podem ser comprados no site da bilheteria digital:http://bit.ly/brancadeneveteatroam.

17 de julho – Ainda pela programação do Festival Palco Giratório do Sesc, às 20h do dia 17 será apresentada a peça “Das cinzas coração”, da Quimera Criações Artísticas e Teatro Ateliê, do Rio Grande do Sul. “Das cinzas coração” usa a linguagem do cinema mudo, com trilha-sonora ao vivo para contar uma história de opressão feminina baseada que se passa em 1920. A entrada será gratuita e a classificação indicativa é para 12 anos.

18 de julho – “Aquelas – uma dieta para caber no mundo” acontece no dia 18 de julho, às 20h, também pelo Palco Giratório. A montagem da Manada Teatro, do Ceará, conta a história de Maria de Bil, santa popular da cidade de Várzea Alegre (CE), que foi assassinada em 1926 pelo “companheiro”, transformada em mártir, e até hoje é ícone de devoção do povo da região. A classificação é para 14 anos, e a entrada será gratuita.

19 e 27 de julho – Sucesso de público, a Série Encontro das Águas chega à quinta edição, com a proposta de unir o pop ao erudito. Nos dias 19 e 27 de julho, às 20h, a Orquestra de Câmara do Amazonas, o Balé Folclórico do Amazonas e a banda Aliases realizarão o concerto “All Star”, um show nostálgico com uma homenagem a grandes vertentes do soul, com foco especial em Amy Winehouse.

Os ingressos para a Série Encontro das Águas serão vendidos no site da Bilheteria Digital e custam R$ 60 para plateia e frisas, R$ 40 para o 1° pavimento, R$ 30 para o 2º e R$ 20 para o 3º pavimento.

20 e 28 de julho – A Série Encontro das Águas continua com o espetáculo “Playbill (Broadway)”, que reunirá diversos musicais que são obras primas do gênero, como o Fantasma da Ópera. O espetáculo será realizado nos dias 20 de julho (às 20h) e 28 (às 17h e 20h), pela Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, Grupo Vocal dos Corpos Artísticos e Coral do Amazonas. Terá, ainda, colaboração do diretor cênico Matheus Sabbá.

21 de julho – No dia 21 de julho, às 11h, será realizada mais uma edição do “Concertos para Juventude”, desta vez com a Orquestra de Câmara do Amazonas. No evento, são apresentadas obras clássicas enquanto o maestro e os músicos conversam com o público sobre curiosidades da orquestra e a história da música. A entrada é gratuita e a classificação é livre.

21 e 26 de julho – “A Arte da Guerra”, dentro da Série Encontro das Águas, vai reproduzir as trilhas sonoras das grandes batalhas clássicas do cinema no palco do Teatro Amazonas, por meio de um concerto interativo da Amazonas Filarmônica em parceria com o Mapingua Nerd. O espetáculo acontece nos dias 21 (às 17h e 20h) e 26 de julho (20h).

24 de julho – O Festival Palco Giratório volta ao Teatro no dia 24 de julho, às 20h, com o espetáculo “Risco”, do grupo Fragmento Urbano, do Amazonas. A peça tem, como contexto, a metafórica das sensações e sentimentos que o corpo sofre a partir das adaptações em lugares e em instabilidades que se depara. A entrada é gratuita e classificação livre.

25 de julho – A última peça do Palco Giratório será “Helena”, da companhia amazonense Ateliê 23, no dia 25 de julho, às 20h. O espetáculo narra, de forma não cronológica, a história de vida uma mulher-mãe-professora-brasileira-resistência. A metáfora de Helena fala sobre a construção de uma imagem de superação. A entrada é gratuita, e a classificação é para 16 anos.

28 de julho – Às 11h do dia 28 de julho, a Série Encontro das Águas apresenta o “Concerto Didático”, com o Coral do Amazonas. O evento propõe um passeio pelo coral de diversas épocas e estilos. Além disso, questões como o funcionamento de um coro, o que são os “naipes” e como ouvir uma peça coral separando suas várias camadas serão respondidas pelo Coral do Amazonas e maestro Otávio Simões. A entrada é gratuita.

30 de julho – No dia 30 de julho, às 20h, o Corpo de Dança do Amazonas reapresenta o espetáculo de dança “Mata”, do coreógrafo Clébio Oliveira. A encenação sugere momentos de tensão e conflitos, e tem a proposta de ser poético reflexivo e atemporal, abordando o fenômeno de “despertencimento” de uma nação indígena. Entrada gratuita e a classificação indicativa é para 14 anos.

31 de julho – Os 27 anos de carreira do cantor amazonense Serginho Queiroz serão comemorados no show “Luzídia”, no dia 31 de julho, às 20h. Cerca de 20 convidados da música amazonense estarão com no palco do Teatro Amazonas, dentre eles: Zezinho Corrêa, Márcia Siqueira, Célio Cruz e Kethlen Nascimento. A entrada custa R$ 30 (valor da inteira) para todos os lugares do Teatro.

4 thoughts on “Veja a programação do Teatro Amazonas em julho, que terá série Encontro das Águas e Palco Giratório”

  1. Ilda Costa de Oliveira disse:

    Adorei receber a programação.

  2. Larissa disse:

    Obrigada!

  3. Veronica Farias dos Santos Guimarães disse:

    Informação do evento do dia 28/07/2019 de 11h exposta de forma errônea, o evento não é gratuito, favor atentar para as informações.

    RESPOSTA
    Oi Veronica, lamento o ocorrido. A informação foi dada pela Secretaria de Cultura do Estado (SEC), que administra o Teatro Amazonas.

  4. Veronica Farias dos Santos Guimarães disse:

    A organizadora foi hábil em resolver o problema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *