16/10/2019

Lagoa Azul, fenômeno natural de Figueiredo, ganha estrutura e atrai visitantes. Veja vídeo

Depois de ganhar fama pelo tom azulado de suas águas, a ‘Lagoa Azul’, no município de Presidente Figueiredo, está com uma nova infraestrutura. A área de banho foi ampliada e o local agora dispõe de restaurante e bar.

O melhor período para visitar a Lagoa Azul é entre fevereiro e agosto, quando o tom da água está mais azulado. A lagoa era pequena, com cerca de 2,5m de profundidade, mas foi ampliada com a construção de duas novas áreas para banho. A cor azulada, provavelmente, deve-se ao aquífero das Guianas, que jorra em vários pontos do Município de Presidente Figueiredo, onde está localizada a nascente da lagoa. O rio subterrâneo é famoso pela qualidade das águas, que, segundo diversos estudos, estão entre as mais puras do planeta.

Ao redor da lagoa foi construído um deck de madeira, facilitando o acesso à água. Na parte mais alta fica um restaurante rústico que serve pratos regionais. No parte mais baixa funciona um bar, que serve bebidas como cerveja, sucos e côco gelado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Booking.com

Para entrar na Lagoa Azul é preciso pagar uma taxa de R$ 10 por pessoa.

 

Veja o vídeo da Lagoa Azul:

Como chegar na Lagoa Azul

A Lagoa Azul fica localizada dentro de um terreno particular, na comunidade Nova Esperança, no KM-120 da rodovia BR-174 (Manaus-Boa Vista).

Para chegar na lagoa dirija até o KM-1005 (KM-120) da BR-174 (Manaus-Presidente Figueiredo) e vire à direita, pegando o ramal Nova Esperança, uma pequena estrada de piçarra. Estranhando a quilometragem? É que, sabe-se lá por qual razão, o Ministério dos Transportes, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), resolveu começar a numeração da estrada, no entroncamento com a AM-010, em Manaus, pelo KM-888. O KM-120, portanto, é o mesmo KM-1005.

Até a Lagoa Azul (depois de entrar no KM-1005/120) dirija por cerca de oito quilômetros. Vire à direita na primeira bifurcação e novamente à direita, em frente a uma igreja. Ao longo do ramal há placas (pequenas) indicando o caminho para a lagoa.

 

Veja mais fotos da Lagoa Azul:

Vai viajar?

Reserve seu hotel agora no booking.com. Em alguns casos, a sua reserva pode ser cancelável (Confira as regras) - CLIQUE AQUI

Aluguel de carros no Brasil e no exterior - CLIQUE AQUI

Passagens aéreas e pacotes para sua viagem - CLIQUE AQUI

10 thoughts on “Lagoa Azul, fenômeno natural de Figueiredo, ganha estrutura e atrai visitantes. Veja vídeo”

  1. Ilene Palheta da Silva disse:

    Nossa, q lugar encantador! Pra quem não conhece, fica um pouco complicado para chegar no local.

  2. Euler Ribeiro disse:

    O Amazonas é muito rico em biodiversidade maravilhosas. Chamo a atenção do novo Governo para preservação ,promoção divulgando e investido muito no Turismo que nenhum governo fez como deveria ter feito

  3. Francisca Janete da Silva alves disse:

    Kero conhecer

  4. Aldo da silva disse:

    Vale apena conhecer o que foi feito pelas mãos do criador.
    Ninguem explica a Deus!!!

  5. Ronaldo disse:

    Local lindo, visitarei

  6. Ivo junior disse:

    Muito bom o local para levá a família Mais não tem uma área para as crianças, pois o local e muito fundo

  7. Enilda de Souza Fonsêca. disse:

    De acordo com Euler Ribeiro eu também faço as mesmas palavras, porém com ressalva, jamais desmatar como estão querendo, a Amazônia antes de tudo é do Amazonida…nossos ribeirinhos não podem falar são sufocados por grupos que só tem.interesses de acabar com o que dê bom o nosso caboclo tem, não dá pra desmatar com cinismo e loucura, as doenças que podem vir ninguém imagina pois temos variedades de insetos, lembro quando a cidade nova iniciou, ainda falo sobre o caboclo que poderá sair de seu habitat pra pedir esmolas na capital ou virar mais um ladrão. É urgente incentivar mais turismo com Boa infraestrutura, treinando os próprios dos lugarejos para que assim visitantes e os donos dos lugares possam ter lucros e todos sairem satisfeitos. Mas não matem a mata, ela merece consideração.

  8. Claudemir disse:

    Paga pra entrar. E quanto é?

    RESPOSTA
    Está na matéria. A taxa é de R$ 10 por pessoa.

  9. Jaciara disse:

    Eu também quero conhecer

  10. valeska disse:

    Olá, boa tarde.
    Gostaria de saber se as imagens deste site podem ser copiadas e compartilhadas livremente.

    RESPOSTA
    Olá Valeska,

    As imagens não podem ser copiadas. Você pode compartilhar o link da matéria, mas não copiar o texto nem fotos. Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *