22/08/2019

Veja a ordem de apresentação do Festival de Cirandas de Manacapuru 2019

No Festival de Cirandas 2019, a Guerreiros Mura se apresenta com o tema ‘Tabaturuna’. Foto: Idenison Leal/Divulgação

O 23° Festival de Cirandas de Manacapuru começa no dia 30 de agosto, no Parque do Ingá, o ‘Cirandódromo’, em Manacapuru (distante 84 km de Manaus). As cirandas Flor Matizada, Guerreiros Mura e Tradicional vão levar muita dança, música e alegria nos três dias de festa.

A Ciranda Tradicional abre o festival este ano apresentando o tema ‘Alado’, que tem como proposta partilhar o sonho de voar com o público.

No sábado (31), é a vez da tetracampeã Flor Matizada se apresentar. A Lilás e Branco vem em busca de mais um título com o tema ‘Hecatombe’ – uma fábula que mostrará uma verdadeira explosão cultural e beleza das singularidades amazônicas.

Encerrando o festival no domingo (1), a Ciranda Guerreiros Mura se apresenta com o tema ‘Tabaturuna’ trazendo lendas, contos e mitos que rodeiam a tribo dos índios Mura, além do espiritualismo, rituais e a força da tribo.

O evento conta com o apoio da Prefeitura de Manacapuru, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura (Semtur) do município e do Governo do Estado do Amazonas.

As princesas cirandeiras dos três grupos. Foto: Divulgação

Festival de Cirandas de Manacapuru começa dia 30

Cirandeira Bela Maylin Menezes, da Ciranda Tradicional. Foto: Divulgação

 

 

Itens 

As apresentações duram de 2h a 2h30 e a soma das notas atribuídas a cada um desses itens determina o vencedor do ano.

Os itens individuais que concorrem a notas são: Cantador de Cirandadas, Apresentador, Porta-Cores, Cirandeira Bela e Princesa Cirandeira.

Os itens coletivos são: Cordão de Cirandeiros, Cordão de Entrada, Tocada ou Tocata da Ciranda, Alegorias, Fantasias de Destaques, Cirandada (letra e música), Harmonia Geral, Criatividade e Originalidade e o Tema e Desenvolvimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *