Festival de Parintins 2018 promete embate épico entre Caprichoso e Garantido

O confronto entre os bois Caprichoso e Garantido na Arena do Bumbódromo promete ser épico em 2018. Enquanto o Boi Azul luta para manter o campeonato conquistado ano passado, o Boi Vermelho briga para reconquistar o título de campeão do Festival Folclórico de Parintins.

Parintins espera receber um número recorde de visitantes em 2018, algo em torno de 100 mil pessoas. Tudo isso aumenta a expectativa pelo início do espetáculo de Caprichoso e Garantido na Arena do Bumbódromo, marcado para acontecer entre os dias 29 de junho e 1º de julho.

 

Caprichoso

Com o tema “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”, o Boi Caprichoso quer repetir o feito que há mais de dez anos não se repete: o bicampeonato.

“O Boi Caprichoso vem totalmente diferente de 2017. É um boi mais grandioso, audacioso, mais inovador, mas nunca perdendo sua essência, que é brincar de boi-bumbá, levar alegria a toda nação azulada. São mais de dez anos que o Boi Caprichoso não é bicampeão. O nosso pensamento é trazer esse título de volta, por isso o empenho de cada artista”, afirma o presidente do Boi Azul, Babá Tupinambá.

De acordo com o presidente do Conselho de Artes do Caprichoso, Ericky Nakanome, o boi, conhecido também como Touro Negro, promete revolucionar o Festival esse ano. “O Caprichoso vem dentro de uma proposta ousada, diferente, embasada, trazendo questionamentos políticos dentro da proposta da apresentação da Arena. Vamos fazer uma revolução, principalmente conceitual, aproximando muito mais essa linguagem folclórica operística. Uma revolução pelo saber popular”, explica Ericky.

Caprichoso traz o tema “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”. Foto: Bruno Zanardo/Secom.

 

Garantido

Para reconquistar o título perdido no ano passado, o Boi Garantido traz o tema “Auto da Resistência Cultural”. “O Garantido vem um Boi grandioso, que vai emocionar e surpreender do início ao fim. Você que é apaixonado pelo Boi Garantido pode esperar um Boi campeão, emocionante”, garante o presidente da agremiação, Fábio Cardoso.

O presidente da Comissão de Artes do bumbá, Edwam Oliveira, explica como o Boi vai para a Arena. “O tema foi criado e planejado para mostrar toda essa luta de resistência dos povos que compuseram a identidade do povo brasileiro. Vamos fazer o retrospecto desde a colonização, começando pela resistência indígena, passando pela resistência negra, até chegar a resistência dos povos da floresta. Temos a convicção de que será um grande espetáculo nas três noites”, garante Edwam.

O Boi Garantido traz o tema “Auto da Resistência Cultural”. Foto: Bruno Zanardo/Secom

Investimentos

No ano em que se comemora os 30 anos de fundação do Bumbódromo de Parintins, a festa recebe um montante de investimentos que chega à casa dos R$ 60 milhões por parte do Governo do Estado, o que inclui recursos aplicados diretamente no Festival, como na reforma do Bumbódromo e patrocínio dos bumbás. No primeiro caso, foram destinados R$ 3,5 milhões. Cada bumbá, por sua vez, recebeu R$ 2,5 milhões.

Além disso, o Governo do Estado investiu na melhoria da infraestrutura da cidade, como o serviço de recapeamento asfáltico, além do setor de Saúde e Turismo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *