Cinco programas gratuitos para fazer com as crianças em Manaus

Os fins de semana e as férias escolares oferecem uma boa oportunidade de mostrar as crianças um pouco da história e cultura do nosso Estado. Em Manaus, há vários locais interessantes que podem ser visitados e, o que é melhor, são gratuitos. Os adultos também vão curtir.

Confira nossa lista:

Museu da Cidade de Manaus

Foto Divulgação

O Museu da Cidade de Manaus, localizado no Paço da Liberdade, Centro Histórico, que durante décadas foi usado como sede do governo municipal, tornou-se a casa que conta a história do povo manauara. Reúne beleza arquitetônica, exposições tecnológicas, peças arqueológicas e artigos regionais.

Oito salas do Museu da Cidade de Manaus retratam a vida cotidiana, a identidade e a cultura de gerações passadas, por meio de exposições de longa e curta duração, utilizando-se da interatividade para contar a história da cidade de Manaus a partir de textos, sons e imagens, com caráter educativo, lúdico e dinâmico e atraindo a atenção, o olhar e a sensibilidade até dos visitantes mais novos.

Fica na Praça D. Pedro II, no Centro. Funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

 

Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Casa do Caboclo. Foto: Tereza Cidade

 

Inaugurado em maio de 2007, o Centro Cultural dos Povos da Amazônia (CCPA) oferece a oportunidade de conhecer um pouco mais da cultura e diversidade amazônica. Abriga o Museu do Homem do Norte, que conta, atualmente, com mais de duas mil peças distribuídas em quatro ambientes, retratando vários aspectos do homem amazônico, como sua relação com a natureza, cultura e política.

O local oferece ainda ambientações regionais que visam inserir o visitante na realidade amazônica, como as Casas do Caboclo e da Farinha, o Barracão do Guaraná, Tapiri de Defumação da Borracha, Tapiri do Seringueiro e um dos pontos altos do tour cultural: a réplica de uma casa da tribo Xapono Yanomam.

Oferece visitações gratuitas de segunda a sábado, das 9h às 17h. Localizado na avenida Silves, 2.222, Distrito Industrial 1 (antiga Bola da Suframa).

 

Palacete Provincial

Museu Tiradentes. Foto: Tereza Cidade

Como espaço de exposições, o Palacete Provincial existe há nove anos, mas seu prédio é um dos antigos de Manaus (1861). Localizado na Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), no Centro, é considerado um dos mais importantes prédios históricos de Manaus. Ele foi inaugurado em 1875 e durante mais de 100 anos funcionou como quartel da Polícia Militar. Suas características arquitetônicas são inspiradas nos estilos que predominavam na Europa na segunda metade do século 19.

Completamente restaurado, desde 2009 o espaço abriga seis salas de visitação: Pinacoteca do Estado, Exposição Esculturas do Mundo, Museu Tiradentes, Museu da Imagem e do Som do Amazonas (MISAM), Sala de Arqueologia e Museu de Numismática Bernardo Ramos. Recebe, ainda, exposições temporárias e atividades culturais.

Funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados e domingos, das 9h às 14h. Fica localizado na Praça Heliodoro Balbi, no Centro de Manaus.

 

Centro Cultural Palácio Rio Negro

Centro Cultural Palácio Rio Negro

Foto: Tereza Cidade

Construído em estilo eclético, em 1903, para ser residência particular de um abastado comerciante da borracha, o alemão Karl Waldemar Scholz. Em 3 de outubro de 1980, o prédio foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Amazonas sendo, ao longo dos anos, reformado, restaurado e adaptado, mas, em virtude de sua beleza arquitetônica e relevância histórica, foi transformado em Centro Cultural. O Centro Cultural Palácio Rio Negro conta com salões para recitais, exposições, lançamento de livros, e diversas atividades culturais.

Também vale dar um passeio no Parque Jefferson Péres, bem ao lado do Palácio Rio Negro.

Aberto para a visitação de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos, das 9h às 14h. Endereço: Av. 7 de Setembro,1546,Centro.

 

Museu Casa Eduardo Ribeiro

Foto: Divulgação

Possui uma exposição permanente de mobiliário residencial de época, objetos de uso pessoal e de arte que recriam o modo de vida do final do 19 e início do séclo 20. Foi residência do governador Eduardo Ribeiro (1862-1900). Também conta com um acervo textual composto por documentos digitalizados, de caráter pessoal e profissional.

Funciona na rua José Clemente, 322, Centro, de terça a sábado, das 9h às 14h.

One thought on “Cinco programas gratuitos para fazer com as crianças em Manaus”

  1. Katie Ane Monteiro disse:

    Sou Manauara , penso que devemos prestigiar e valorizar esses espaços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *