Cruzeiros fluviais revelam os encantos de uma Amazônia ainda pouco conhecida

Gran Amazon - Divulgacao Iberostar

O navio Gran Amazon oferece itinerários de 4 ou 7 noites. Fotos: Divulgação

Os 23 mil quilômetros de rios navegáveis substituem a terra e o asfalto na Amazônia e permitem o acesso a redutos de uma beleza ímpar, quase intocada. A vontade de percorrer essas ‘estradas’ e desbravar uma região ainda pouco conhecida tem atraído o interesse pelos cruzeiros fluviais.

Segundo dados da Prefeitura de Manaus, em 2016 mais de 17 mil turistas estrangeiros embarcaram em cruzeiros fluviais que navegam pela bacia amazônica oferecendo conforto e segurança para o turista.

Diferentemente dos grandes cruzeiros transatlânticos, onde o navio oferece diversas atracões de entretenimento entre boites e cassinos, nos cruzeiros fluvias pelo Amazonas o que interessa de fato não está dentro do barco, mas sim ao redor. Afinal, quem quer ficar dentro do cruzeiro quando se está em pleno centro de uma das sete maravilhas naturais do planeta?

As verdadeiras atrações ficam por conta das atividades realizadas ao longo dos portos de parada, que incluem encontro com botos cor-de-rosa, safáris fotográficos, passeios de lancha para observação de jacarés e aves, pesca de piranhas, caminhada por igarapés e visitas a tribos indígenas da região. O ponto alto da navegação fica por conta da observação de um dos mais belos espetáculos da natureza: o Encontro das Águas na confluência entre o Rio Negro e Solimões.

Na maior bacia fluvial do planeta, as águas são tranquilas e a navegação é livre de enjoos. O som das aves vindo da mata verde é uma constante, assim como a beleza do pôr do sol e os curiosos botos que acompanham o percurso do barco.

Os navios

Manaus é o ponto de partida para os cruzeiros que percorrem a bacia Amazônica, que atualmente conta com três grandes barcos de estrutura turística de alto nível de conforto. A principal opção é o navio Gran Amazon, de propriedade da rede Iberostar, que oferece itinerários de 4 ou 7 noites com todas as atividades em terra incluídas no pacote. Este luxuoso navio conta com um sistema All Inclusive, dois restaurantes a bordo com especialidades da gastronomia local, piscina, jacuzzi, academia e amplos quartos com ar condicionado. O entretenimento a bordo inclui shows musicais, aulas de dança, artesanato e festas temáticas folclóricas.

Crystal_Serenity - Divulgacao Crystal Cruises

De alto luxo, o Crystal Serenity tem capacidade para mais de mil passageiros.

Seabourn Quest Aerial

O Seabourn Quest realiza a travessia do Atlântico, de Manaus a Mônaco, na Europa.

Outras duas companhias oferecem cruzeiros que exploram a região Amazônica nos primeiros dias para depois seguirem rumo à Europa ou ao Caribe. O Crystal Serenity é um navio de alto luxo com capacidade para mais de mil passageiros que faz a rota Manaus – Barbados em 10 dias, passando por Boca da Valeria, Santarém, Guiana Francesa e a ilha caribenha de Granada. Já o grandioso Seabourn Quest realiza a travessia do Atlântico saindo de Manaus, passando por Parintins, Santarém, Guiana Francesa, Cabo Verde, Ilhas Canárias, Marrocos e chegando à Europa pelo porto de Mônaco.

 

Serviço:

Para mais informações e reservas de cabines nestes cruzeiros, consulte a agência de viagens maritímas www.dreamlines.com.br.

 

 

One thought on “Cruzeiros fluviais revelam os encantos de uma Amazônia ainda pouco conhecida”

  1. PETER DELTA disse:

    É preciso os GOVERNANTES AMAZONENSES, ou seja PREFEITURA E GOVERNO falar a mesma língua para trazer turistas estrangeiros ao Estado do Amazonas, é preciso INVESTIMENTOS pesados no turismo amazonense.
    Fazer marketing para atrair turistas ESTRANGEIROS, são os turistas estrangeiros os MAIORES interessados em conhecer a AMAZÔNIA, principalmente o ESTADO DO AMAZONAS.
    Gente nosso POVO BRASILEIRO não está nem aí para nossa AMAZÔNIA, não estão nem aí para nossa BIODIVERSIDADE, não estão nem aí se existe floresta ou não, SÃO 80% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA QUE nem se quer dão IMPORTÂNCIA para a nossa AMAZÔNIA. Por isso que o GOVERNO MAIS A PREFEITURA AMAZONENSE tem obrigação de INVESTIR PESADO NESSE SETOR, oferecendo aos turistas estrangeiros todo apoio e segurança, PARA QUE POSSA GOSTAR E VOLTAR NOVAMENTE A VISITAR O ESTADO DO AMAZONAS E AMAZÔNIA EM GERAL.
    O ESTADO DO AMAZONAS É CONHECIDO MUNDIALMENTE, BASTA ABRIR A BOCA LÁ FORA, E PROCURAR FAZER UM MARKETING PESADO que com certeza o fluxo de turista estrangeiros irão aumentar.
    O povo brasileiro só fala mal da NOSSA AMAZÔNIA sem conhece-la, são ignorantes, são cruéis, são perversos, são hipócritas com nossa AMAZÔNIA. Eles não querem admitir e nem reconhecer que o mundo depende da nossa nossa AMAZÔNIA, não dão valor o que tem.
    O mundo se curva à nossa AMAZÔNIA, mas o BRASILEIRO se ENVERGONHA, Porque o povo é IGNORANTE.
    Eles acham que RIO DE JANEIRO e SÃO PAULO são a SALVAÇÃO DO MUNDO, ESTÃO COMPLETAMENTE ENGANADOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>